Radio Olisipo On air -
close

05.02.2024

António Mão De Ferro – Old Times (2024) (single & Álbum)

António Mão De Ferro – Old Times (2024) (single & Álbum)

ANTÓNIO MÃO DE FERRO APRESENTA NOVO ÁLBUM “BACK”
CONVIDADOS ESPECIAIS – BJ COLE, GERALD CALHOUN, ENTRE OUTROS

António Mão de Ferro apresenta o novo álbum “Back”, um trabalho que percorre vários estilos musicais e que reflecte algumas influências. Segundo o músico portuense, “é um percorrer de memórias, daí ser um disco bastante pessoal, que passa por vários momentos do meu passado. Acho que é perceptível que faz um apanhado de histórias que vivi e cada uma tem o seu momento, a sua influência, o seu estilo. Isto é o que se sente ao ouvir o disco. É quase um medley de estilos e influências! A banda sonora de memórias, histórias pessoais vividas ao longo de muitos anos. Acho que esse é o verdadeiro conceito, não é um disco de blues, folk ou rock. É um disco de momentos.”

“Back” conta com alguns convidados como o guitarrista emblemático BJ Cole, que já tocou com artistas como Elton John, David Gilmou, Roger Waters, Procol Harum, Joan Armatrading, Cat Stevens, R.E.M, Depeche Mode, entre outros; Gerald Calhoun, baixista e produtor, membro da aclamada “KSB” (Kashmere ‘Thunder Soul’ Stage Band), que já colaborou com músicos icónicos como os Temptations, Patti LaBelle, Herbie Hancock, Kool and the Gang, Stevie Ray Vaughan, entre outros; Fernando Nascimento, guitarrista que marcou a história do rock nacional na banda Arte & Ofício.

António Mão de Ferro conta também com os músicos Bernardo Fesch (baixo), Diogo Mão de Ferro (guitarra “slide”), Diogo Santos (teclado) e Leandro Leonet (bateria).

A primeira amostra do novo trabalho foi apresentada em 2023, o single com o mesmo título do álbum, “Back”, e que conta com a participação de BJ Cole. O tema foi masterizado nos lendários estúdios Abbey Road, em Londres, e conta com um vídeo filmado no rio Douro, realizado pelo galardoado Paulo Ferreira, produtor e realizador de vídeo e fotógrafo de natureza.

De destacar também a capa do álbum, da autoria do pintor Manuel Sousa Falcão, e que é um tributo ao rio Douro, uma das inspirações de António Mão de Ferro para o novo disco.

A acompanhar o lançamento do novo álbum, o músico apresenta o segundo single, “Old Times”, com um vídeo realizado por Alberto Almeida.

“Back” foi gravado, misturado e masterizado no MasterLab Studio.

BIOGRAFIA:

António Mão de Ferro nasceu no Porto, a 25 de Junho de 1976. A sua relação com a música começou aos 11 anos e a guitarra foi muito cedo a sua referência, influência do pai, Joaquim Cardoso empresário e músico conceituado da famosa banda dos anos 60, “Tártaros”.
Tornou-se num autodidata da guitarra, e aprendia sobretudo, através da sua dedicação sob a orientação do pai. Integra a primeira banda aos 13 anos, “Sociofobia”, de rock sinfónico.
Criou um estilo próprio tendo por base os Blues. Aos 17 anos esta sonoridade ganhou definitivamente um espaço importante na sua vida musical, com a banda “Funk, Soul and Blues”, onde foi acumulando, por bares e clubes de jazz de todo o país, a experiência e a consolidação do guitarrista e do músico.
Um ano mais tarde, participa pela primeira vez numa edição discográfica, e nesse mesmo ano integra a Minnemann Blues Band, uma das mais consagradas e antigas bandas do género em Portugal, constituída por músicos reputados: Wolfram Minnemann, Manuzé, Rui Ferraz e Rui Azul. Participou em diversos festivais de Jazz e Blues (Funchal Jazz; Simply Blues, Viana do Castelo e Seia Jazz, Douro Blues).

Em 1998, com 22 anos, integra a conhecida banda portuguesa GNR (Grupo Novo Rock), ao lado de nomes como Rui Reininho e Toli Machado. Grava Popless e o Lado dos Cisnes em 2002, sendo este disco um dos mais famosos da banda. Foram inúmeras as atuações na televisão e em concertos no país e no estrangeiro, culminando em 2006 com a comemoração dos 25 anos dos GNR, no mediático festival Rock In Rio, em Lisboa. Mão de Ferro fez parte dos GNR durante 9 anos, como guitarrista.
Em 2004 é convidado pelo baixista Jerrel Lamar, um dos elementos dos “Platters”, e que tocou com Gino Vanelli, Herbie Hancock e Stevie Ray Vaughan, para participar no seu projecto a solo. Em 2005 grava 4 faixas do projecto deste conhecido músico norte-americano, onde também participaram: Gregg Bissonette, Marcio Montarroyos, Ney Matogrosso e Alcione.
Para além destes nomes, Mão de Ferro continua a surpreender tudo e todos como guitarrista e compositor e no seu currículo destacam-se mais colaborações em vários projetos com notáveis nomes da música internacional e portuguesa: Mable John (Raelettes – Ray Charles), Zakyia Hooker (filha do lendário John Lee Hooker), Kátia Guerreiro e Rui Veloso.
Em 2007, inicia a sua carreira a solo com o seu primeiro disco “Karma Train” que acaba por ser lançado em 2010. Compõe, canta, toca guitarra e constitui simultaneamente a sua banda. Grava os seus primeiros originais no Estúdio Vale de Lobos de Rui Veloso. Este disco tem um sentimento muito especial para o músico, pois para além de ser o seu primeiro disco a solo, é dedicado em memória do seu pai.
O disco “Karma Train” teve uma ótima aceitação por parte do público e dos media.
Mais recentemente lançou “Lunatic”, que foi apresentado na Casa da Música e teve uma edição ao vivo também.

DISCOGRAFIA:
2010 – Karma Train
2015 – Somewhere
2017 – António Mão de Ferro
2020 – Lunatic
2022 – Lunatic (Live at Casa da Música)
2024 – Back

Comentários

Deixe seu Comentário