Radio Olisipo On air -
close

27.01.2024

DISCO VOADOR: Sontato – Radio Sucupira 2 #6

Radio Olisipo · DISCO VOADOR: Sontato - Radio Sucupira 2 #6

DISCO VOADOR: Sontato – Radio Sucupira 2 #6

No episódio #6 , a Sontato leva-nos a seis ilhas de Cabo Verde, com gravações feitas entre 2021 e 2023.

Bio:

André “Xina” Coelho é compositor e produtor português. Descendente de caboverdianos, viveu em Macau durante seis anos, onde iniciou a sua educação musical aos 10 anos, através de aulas de guitarra, piano, produção musical e viajando principalmente pela  Ásia e África.

Com o mestrado em Antropologia e Cultura Visual, a sua investigação académica gira em torno de casos de ruído de vizinhança recolhidos na cidade de Lisboa, ao mesmo tempo que problematiza aspectos relacionados com a lei de redução de ruído existente em Lisboa. Este projeto académico despertou o interesse de Xina pela ecologia acústica. Em 2010 fez uma pesquisa de três meses na África Ocidental, com o objetivo de coletar o património sonoro dos diferentes locais por onde viajou, entre Dakar e Timbuktu, a norte de Mali. A partir dessa pesquisa criou o projeto Sontato, uma plataforma de investigação de diferentes paisagens sonoras que documentou até ao momento.

Em 2012 Xina imigrou para o Brasil, sendo fundador dos projetos Imidiwan, XAFU, Rickshaw e o coletivo Radio Tamashek, lançando vários álbuns e colaborando principalmente na produção de artistas portugueses, brasileiros e moçambicanos. Em 2018 criou o projeto a solo Ha Kwai.  Lançou o EP Gweilo em 2017, e no ano seguinte produziu o EP São Paulo e o EP Songhai. Em 2020 produziu o EP Luaty, em colaboração com o cantor moçambicano TRKZ e lançado pela Kongoloti Records.

Em 2021 surge Nzungu, o seu mais recente projeto, produzido durante a pandemia entre Itália e Portugal, com o álbum de estreia Dark Night of the Soul e em 2023 com o álbum Stimmung, editado pela Zabra Records. Nesse ano é admitido no doutoramento em Políticas e Imagens da Cultura e Museologia pela FCSH, com um projeto de investigação que procura cartografar as variantes de crioulo em Cabo Verde e na diáspora, e torna-se membro colaborador do CRIA – Centro em Rede de Investigação em Antropologia.

Link: https://linktr.ee/xina

Comentários

Deixe seu Comentário