Radio Olisipo On air -
close

09.11.2022

Destaques . Homepage . Single Destaque . Videoclips

Senhora do Ó feat. Tarwa N-Tiniri e Marjo Smolander – “Peace Evolution” (2022) (single).

PEACE EVOLUTION, decifra uma linha musical que parte de Portugal e se funde com a banda Tuareg, Tarwa N-Tiniri de Marrocos, que acabou tocando e cantando em Tamazight, uma língua Berbere, e também com Marjo Smolander da Finlândia, evocando sons sagrados com a sua Kantele. O cruzamento entre a produtora Senhora do Ó e estes artistas, nasce na comunidade/plataforma europeia Beyond Music, em 2020.

SENHORA DO Ó, é o projeto solo da cantora sintrense Andreia João, adufeira, compositora, arranjadora e produtora musical desde 2012. Uma fusão entre o sagrado e o profano, inspirado inicialmente no repertório da tradição oral portuguesa. Uma busca da voz interior independente da lírica.

TARWA N-TINIRI, é uma banda de seis músicos, e o seu Blues do Deserto tem dado ao grupo de Ouarzazate, Marrocos, fãs crescentes em todo o mundo. A banda começou a jornada musical juntos em 2012, primeiro com uma guitarra caseira chamada Lohtar. Desde então, participaram em variados festivais em Marrocos e compartilharam a sua paixão e o seu amor, por fazerem e tocarem música juntos. Estrearam-se internacionalmente no festival Transform na Noruega em 2018 e depois na França em 2019. Graças a “Simon e Greg gravam o mundo”, Tarwa N-Tiniri lançou assim o seu álbum de estreia intitulado “Azizdeg”. Simon Walls e Greg Bonnier, dois canadenses, viajaram para Marrocos e Ouarzazate e instalaram-se na garagem da banda, onde gravaram o álbum. Alguns meses depois, o álbum foi lançado pela Atty Records, Canadá.

MARJO SMOLANDER, nasceu em Rääkkylä, uma pequena vila no norte de Carelia, na Finlândia. É a mesma aldeia de onde vem o renomado grupo de world music Värttinä. Ela toca o instrumento tradicional finlandês chamado Kantele. Depois de se mudar de sua nativa Rääkkylä, estudou música folclórica, música do mundo e pedagogia musical. Tem dois mestrados em música folclórica (Sibelius Academy, Finlândia)) e música global (música real de Aarhus, Dinamarca). Em 2006, Marjo, de 19 anos, teve a possibilidade de se apresentar num festival em Dakar, no Senegal. No mesmo festival também se apresentou Ellika Frisel e Solo Cissokho Duo. Esta ocasião tornou-se um ponto de virada na carreira musical de Marjo. Um ano depois, ela voltou ao Senegal para estudar música por cinco meses. Desde então, ela visita regularmente o Senegal e a África Ocidental. Marjo conta histórias irregulares da vida, presença forte com arranjos multifacetados. Vislumbres musicais, por exemplo, de Ismael Lo, Ali Farka Toure e Värttinä podem ser ouvidos. toca o instrumento finlandês Kantele e canta. O seu álbum de estreia foi lançado em janeiro de 2021.

CRÉDITOS
Senhora do Ó I Composição, Arranjo, Letra e Voz em Inglês, Coros, Produção e Mistura
Tarwa N-Tiniri I Composer, Arranger, Tamazight (Berber) Lyrics by Omar Derouich; Lead Voice, Acoustic and Electric Guitar by Hamid ait Ahmed; Bass Guitar by Smail ait Nacer; Congas and Bandir by Ayoub Taoraght; Rythme Guitar by El Mokhtar ait Nacer
Gravado no Studio Room Record – Ousama Taouraght (Marrocos 2021)
Marjo Smolander I Composer, Kantele
Misturado e produzido por Senhora do Ó (Portugal 2021)
Masterizado por Tryambaka (Portugal 2022)
Capa I AnaF
Fotografia Capa I Josh Sorenson (Pexels), Rui Zilhão
Conceito I Andreia João

Comentários

Deixe seu Comentário