Radio Olisipo On air -
close

25.11.2023

Tagua Tagua – Tanto (2023) (single) ID

Tagua Tagua – Tanto (2023) (single) ID

Uma jornada apaixonada: oiça Tanto, novo disco de Tagua Tagua

Segundo álbum de Felipe Puperi navega na neo soul para falar das diversas formas de se apaixonar

Por dois anos, Felipe Puperi, a identidade por trás de Tagua Tagua, mergulhou num processo de produção intenso: daí nasceram as canções de Tanto, segundo disco do compositor e produtor, que está sendo editado hoje (03 de Março) pela gravadora norte-americana, Wonderwheel Recordings e com divulgação nos Estados Unidos e Europa, além do Brasil. Oiça aqui.

Os singles divulgados até o lançamento foram Tanto, Colors e Pra Trás e, desde o primeiro trabalho revelado ao público, ficou evidente a linha neo soul que se encontraria ao longo das dez faixas do disco. “O álbum fala por si, o estilo dominante acredito ser o neo soul, mas tem um pouco de RnB, dream pop e indie rock. Acredito que o fato de tudo ser cantado em português ajuda a quebrar os ritmos e deixar as coisas mais fluidas e soltas dentro desses estilos”, comenta Felipe.

Também como produtor musical da obra, Felipe comenta o conceito do álbum: “É sobre se apaixonar por se apaixonar. Uma mistura de diferentes sensações e sentimentos. Gosto de pensar que você flutua pelas letras e pode imaginar esses muitos encontros e como eles mudam as coisas todas”.

Baseado no seu home studio, Felipe conta que registou o álbum em casa, mas uma parte significativa foi gravada durante uma imersão de alguns dias nas montanhas, em São Francisco Xavier, no interior de São Paulo, perto de Minas Gerais. “Foi uma criação bem solitária, como costuma ser o meu processo. Fico bastante tempo a pirar nas ideias e instrumentos até me conectar com as músicas de fato e entender que elas são um conjunto e que fazem sentido juntas. A partir disso, chamei músicos amigos que tocam comigo e fomos pro meio do mato ficar alguns dias a gravar coisas e a lapidar essas ideias. É um processo que gosto bastante e acho que funcionou bem nesse caso”.

PortugalEm 2019, foi a primeira vez que Tagua Tagua se apresentou em Lisboa e no Porto. Depois, em 2021, realizou uma digressão com sete concertos em Portugal. A parceria com a agência Lazarus segue em frente e ainda neste ano de 2023 é esperada a volta do projeto para terras portuguesas. 

Capa

Na arte visual do álbum, Tagua Tagua segue em parceria com João Lauro Fonte, responsável também pela arte do primeiro disco do projeto, Inteiro Metade. A ideia inicial foi, inclusive, buscar se diferenciar do maximalismo anterior. “Eu queria algo minimalista dessa vez, algo que fosse curioso, misterioso, mas ao mesmo tempo trouxesse alguma sensualidade. Imaginei que isso ia ajudar a dar o tom do disco e, depois de algumas ideias, chegamos nessa arte bem subjetiva que meio que faz uma conexão com as artes anteriores dos singles e traz esses elementos que mencionei. O projeto gráfico do vinil ficou bem bonito, com um universo gráfico bem rico. Ficamos felizes com o resultado”.

FICHA TÉCNICA

Produzido, composto e arranjado por Felipe Puperi

Mixado por Tiago Abrahão 

Masterizado por Ryan Smith, no Sterling Sound.

Leo Mattos – bateria em todas as faixas e percussão nas faixas 1,2,5,8,9,10 

João Agusto Lopes – guitarra nas faixas 2,3 e baixo na faixa 2

Daniel Pires da Silva – viola nas faixas 1,8

Ricardo Takahashi – violino nas faixas 1,8

Tiago Paganini – violino nas faixas 1,8

Jonas Moncaio – violoncelo nas faixas 1,8,10

Alessandra Romero – violino na faixa 10

Kassio Tonelo – violino na faixa 10

Cristiano Florindo – viola na faixa 10

Tracklist

01 – Pra Trás

02 – Tanto 

03 – Me Leva

04 – Brisa

05 – Barcelona

06 – Starbucks

07 – OODH

08 – Colors

09 – Cada Passo

10 – Te Dizer

LINKS

Instagram

Facebook

TikTok

Youtube

Site Oficial

SOBRE TAGUA TAGUA

Baseado em São Paulo e formado em 2017,  Tagua Tagua é o projeto solo do compositor e produtor gaúcho Felipe Puperi, que esteve à frente da banda Wannabe Jalva com um currículo extenso no cenário independente: já se apresentou no Lollapalooza, abriu shows de Pearl Jam e Jack White, foi destaque nos veículos KCRW, NY Times, Stereogum, Brooklyn Vegan e WFUV.

Atualmente, Tagua Tagua se destaca como um dos artistas promissores da música brasileira.  Além de ser elogiado no seu país de origem, ganhou também destaque no exterior, sendo mencionado na NPR e Remezcla, além de ter emplacado uma música no FIFA 20 e aberto shows para a banda americana The Growlers, nos Estados Unidos.

Após dois EPs lançados, Tombamento Inevitável (2017) e Pedaço Vivo (2018), Tagua Tagua lançou seu primeiro LP Inteiro Metade (2020).  O álbum entrelaça a psicodelia tropical, os princípios do ye ye ye e a influência das figuras do funk e do soul.  Dominadas por melodias suaves e timbres oníricos, todas as músicas foram escritas e gravadas pelo próprio Felipe, mixadas pelo colega de Wannabe Jalva, Tiago Abrahão, e masterizadas por Brian Lucey (The Black Keys, Chet Faker). Recentemente, Tagua Tagua excursionou pela Europa, se apresentou no festival SXSW e também na costa oeste dos Estados Unidos. E em 2023, lança o  segundo álbum Tanto pela gravadora americana, Wonderwheel Recordings.

Comentários

Deixe seu Comentário